Propiciar oportunidades é papel do líder, mas....


É nos momentos de dificuldade que o trabalho em equipe deve ser mais desenvolvido e valorizado.

É nos momentos de dificuldade que o trabalho em equipe deve ser mais desenvolvido e valorizado. Na atual conjuntura do nosso país as empresas precisam estar atentas à importância da valorização de suas equipes. Nunca se falou tanto sobre como é fundamental o trabalho em equipe como agora.


A procura por pessoas que tenham habilidades para trabalhar em conjunto é cada vez maior, sendo apontada como uma competência essencial. Equipe não é somente o conjunto de pessoas que atuam juntas num determinado projeto, cada qual na sua função. O significado é muito mais profundo: a ideia é que cada integrante saiba qual é a sua parte no grupo, mas que leve em consideração o todo, valorizando o processo inteiro e colaborando com ideias, sugestões e respeitando as ideias dos outros membros da equipe. Quando se estabelece uma meta, seja num projeto empresarial, seja numa instituição de classe, num grupo voluntário ou numa sala de aula, não é papel somente do líder trabalhar para consecução dessa meta. É papel de todos!


Faz parte da natureza humana o sentimento de pertencer, integrar algo maior que ele próprio e assumir um ideal comum. Portanto, cada integrante de uma equipe precisa ter consciência de que seu trabalho é importante para seu grupo e se sentir valioso para ele. Trata-se de uma sensação de coletividade em que todos se conhecem, se completam, se sentem seguros e amadurecem. Manter uma equipe coesa, no entanto, não é tarefa das mais fáceis. Afinal, trata-se de lidar com seres humanos e saber conciliar e respeitar suas diferenças.


Tomemos como exemplo o corpo humano. É uma perfeita equipe! Cada órgão tem o seu funcionamento, mas se um deles apresenta algum problema, todo o organismo se estrutura para funcionar da melhor forma possível, tentando minimizar a situação e se esforçando para encontrar um caminho para solucioná-la. Equipe é isso. Ela tem um líder natural, mas também tem que ter tripulantes e não passageiros. Os passageiros apenas ficam encostados à janela do avião, apreciando a paisagem e esperando a aterrissagem. Já os tripulantes colaboram para satisfação dos passageiros (clientes) e o sucesso da aterrissagem, porque cada um tem a sua função também. E todas elas são peças fundamentais para que esse avião possa decolar e aterrissar.


O dia-a-dia nos toma tanto tempo que corremos o risco de deixar passar chances únicas em nossas vidas. Temos que ser e não esperar ser, ou seja, as pessoas têm que ser dispostas, principalmente para discutir diferentes assuntos. Além disso, é necessário que cada um seja resiliente, tenha também flexibilidade, capacidade de tratar as informações racional e emocionalmente, sempre compartilhando com a equipe.


Na convivência em equipe as pessoas tem que estar preparadas para aceitar críticas honestas e opiniões conflitantes, porque isso dá mais jogo de cintura e flexibilidade para receber e dar feedback. Equipes que encorajam esse tipo de prática vão aproveitar ao máximo as habilidades e aptidões individuais de seus membros. E se quisermos que as nossas equipes sejam melhores e cumpram os seus objetivos, cada integrante deve se preparar para ser, individualmente, o melhor, lembrando que o papel do líder é fundamental, mas a responsabilidade de gerar e aproveitar oportunidades não são só dele.


Editorial Varejo Nordeste


#varejo #varejonordeste #liderança #oportunidade #foco #trabalho

CONTATO

Comercial - 81 3075.2903

Assessoria de Comunicação - 81 3075.2903

varejonordeste@outlook.com

Recife-PE

PARCEIROS

1/1
Aipim Studio Digital - Desenvolvimento de Sites Institucionais e E-commerce

Varejo Nordeste 2013 - 2020 - Todos os Direitos Reservados

Facebook do Varejo Nordeste
Twitter do Varejo Nordeste
Twitter | Varejo Nordeste